Os Filhos de Húrin

27 fev

Ao que parece, o filho de J. R. R. Tolkien, Cristopher, resolveu plagiar a idéia de Dimitri Nabokov: publicar uma obra inédita do pai famoso. O enredo de Os Filhos de Húrin (OFdH) gira em torno da mais longa balada dos tempos ancestrais, a Narn i chîn Húrins (O conto dos filhos de Húrin), narrativa sobre a glória e a queda de Túrin Turambar, herói humano que, depois de o mal se estender sobre o noroeste da Terra-Média, resiste ao senhor das trevas Morgoth com mais vigor e fúria que a maioria dos lordes élficos da época, no entanto, ao fazê-lo, produz ainda mais destruição.

Em vida, Tolkien teve apenas duas obras publicadas: O Hobbit e Senhor do Anéis. Entretanto, após sua morte, seu filho Cristopher já lançou vários outros livros, inclusive duas sínteses dessa obra: em O Silmarillion (1977) e nos Contos Inacabados de Númenor e da Terra-Média (1980). Mas OFdH, tem algumas diferenças das publicações anteriores, além de mais completa e detalhada, a narrativa também traz detalhes que até agora se encontravam inéditos, como por exemplo, “A Batalha da Lágrimas sem Conta” (Nirnaeth Arnoedidad).

Para a grande parte dos tolkienmaníacos, Cristopher é um herói por publicar obras desconhecidas do pai (acabadas ou não) e divulgar desde rascunhos até cartas sobre estas, proporcionado ao público uma visão que geralmente fica restrita ao meio acadêmico. No entanto, há quem o considere um oportunista por viver às custas das memórias do Tolkien-pai e todo aquele blábláblá que sempre tem.

Com informações da versão impressa do Estado de Minas

Anúncios

Deixe seu comentário indecente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: