Por trás de uma Lady, há sempre um Mr.

27 set

Dois descendentes de italianos, mas ela é de Nova Iorque e ele, de outro planeta, chamado Japão. Duas origens extremamente excêntricas que, ao se encontrarem, geraram o fenônemo chamado Lady Gaga.

Lady Gaga, Nicola Formichetti e Matt “Dada” Williams, por Nick Knight, para i-D Magazine

Com certeza, Stefani Joanne Angelina Germanotta não teria se tornado a Gaga que conhecemos hoje e, provavelmente, não faria tanto sucesso sem a colaboração de Nicola Formichetti. O fashion stylist, consultor de moda e diretor criativo conheceu a cantora em um ensaio para a V Magazine, em 2009. A partir daí, o conceito “Gaga” mudaria. Embalada pela fase “The Fame Monster“, a parceria entre eles mostrou funcionar. Nicola começou a ser responsável por todos as produções da cantora, desde os figurinos da promissora “Monster Ball“, passando pelos ensaios para revistas, entrevistas e performances na TV, até os escandolosos looks exibidos por poucos minutos, no entra e sai dos hotéis. Construindo uma carreira em que suas roupas são quase tão importantes quanto sua música, Gaga deve a Nicola grande parte de seu sucesso estrondoso.

Ensaio em que conheceu Gaga, para V Magazine

Lady Gaga no Royal Variety Show, apresentando-se para a rainha Elizabeth II

Lady Gaga no Accessories Council Excellence Awards

Lady Gaga em performance de “Alejandro”, no American Idol

Lady Gaga após o histórico VMA 2009

Mas Nicola Formichetti não é somente responsável pelo visual de Gaga. Sempre envolvido em projetos novos, ele também é diretor de moda da Vogue Hommes Japan (que está fazendo sucesso mundial), e editor de moda de revistas como Dazed & Confused e V Magazine. Além disso, trabalha com os maiores fotógrafos e grifes do mundo, como Hedi Slimane, Steven Klein, Nick Knight, Mariano Vivanco, Alexander McQueen, Prada e Armani. Recentemente, foi escolhido como o novo diretor criativo de Thierry Mugler, um dos estilistas mais originais da história da moda. O talento de Nicola está em conseguir dialogar com muitas culturas, sem preconceitos, agregando o lixo ao luxo, o elegante ao freak e o ordinário ao original.

Ensaio por Mariano Vivanco, para Vogue Hommes Japan

Ensaio por Steven Klein, para Vogue Hommes Japan

Ensaio por Mariano Vivanco, para Commons & Sense Man

Ensaio por Hedi Slimane, para Vogue Hommes Japan

Anúncios

Uma resposta to “Por trás de uma Lady, há sempre um Mr.”

  1. Matheus Rabelo 27/09/2010 às 22:39 #

    De fato, o cara é excepcional. Esses últimos ensaios que você postou são sensacionais mesmo!

    E é verdade, tenho ouvido falar na Vogue Hommes Japan pra caramba ultimamente. Engraçado. Hahaha.

Deixe seu comentário indecente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: