Lirismos de Quinta – 21/10/2010

21 out

Arte Poética (Mario Benedetti)

Que golpeie e golpeie
até que ninguém
possa já se fazer de surdo
que golpeie e golpeie
até que o poeta
saiba
ou pelo menos creia
que é a ele a quem chamam.

(Tradução de Maria Teresa Almeida Pina)

 

Anúncios

Deixe seu comentário indecente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: