Lirismos de Quinta – 18/08/2011

18 ago

Um poema de André Felipe Cecílio

 

Quando a Solidão entrou em meu quarto…

Quando a Solidão entrou em meu quarto

com seu longo vestido de seda azul

e me encontrou com seus olhos invasivos,

olhei-a, quieto, em retorno

e fiquei por muito tempo apenas admirando-a.

.

Então, chamei-a para se deitar comigo.

 

 

Anúncios

Deixe seu comentário indecente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: