Arquivo | Cinema RSS feed for this section

As Caretas de Johnny Depp

15 jul

O título é meio auto-explicatório. Só assistindo a esta divertida compilação de caretas feitas pelo ator.

Criando Monstros

1 jul

Monsters University 05

Aproveitando o sucesso nos cinemas, a Disney Pixar continua investindo em ações para divulgar Universidade Monstros. Antes mesmo do lançamento a empresa criou um site da universidade (que a gente até comentou aqui) e agora, com o filme já em cartaz, a Disney Pixar resolveu estender o sucesso pra fora das telas.

Monsters University 01

A empresa de animações contratou o Watson Design Group para a criação de um jogo online em que você pode criar seu próprio monstro. Com opções de cor, cabelo, chifres, asas e acessórios da Universidades Monstros, você cria um monstro só seu, com direito a nome e credencial da universidade. E ainda dá pra fazer download das imagens, compartilhar e criar um monstro pra um amigo. Quem quiser criar seu monstro, é só clicar aqui (site em inglês).

Monsters University 03

O silêncio está presente

27 fev

Artista performática revive trabalhos e paixões antigas

Marina-Abramovic-01

Na década de 70, uma das pioneiras da arte-performance, a sérvia Marina Abramovic, viveu uma intensa e poderosa história de amor com um artista chamado Ulay. Os 12 anos que passaram juntos renderam diversas obras, inclusive uma viagem de 5 anos num furgão realizando performances diversas.

Em 1988, porém, o casal com um quê de Frida Kahlo e Diego Rivera deixou de sentir que a relação lhes acrescentava e, portanto, resolveram se separar. Para tal, fizeram uma viagem até a China a fim de percorrer A Grande Muralha. Mas em sentidos opostos. Cada um se posicionou em um dos extremos do quilométrico monumento e iniciou sua jornada em direção ao outro. Foram meses de caminhada se aproximando cada dia mais até se encontrarem no meio, onde deram um último abraço. Depois disso, seguiram, literalmente, seus caminhos opostos, sem jamais voltar a se ver, se falar ou mesmo se corresponder.

Em 2010, o Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMa, fez uma grande retrospectiva do trabalho de Abramovic. Foram exibidas fotos, vídeos e outros materiais das performances mais marcantes da artista, algumas delas frutos da parceria com Ulay. A própria Marina Abramovic fez parte desta exposição, realizando uma performance de nome The Artist is Present, em que ela dividia um minuto de silêncio com quaisquer estranhos que se dispusessem a sentar-se com ela. O espaço era uma grande sala vazia, exceto por uma mesa e duas cadeiras, em umas das quais Marina se sentava de olhos fechados esperando que um visitante se sentasse com ela para, só então, abrir os olhos e desfrutar da companhia um do outro. O trabalho produziu emoções intensas naqueles que experimentaram o olhar da artista, algumas delas registradas nas expressões fotografadas.

Marina AbramovicO que Marina não esperava era que 23 anos depois do último contato, Ulay visitaria sua exposição e se submeteria à performance de The Artist is Present. A surpresa acabou reascendendo, espontaneamente, a frutífera parceria para produzir um dos minutos em vídeo mais intensos de que consigo me lembrar.

 

Mais informações sobre esse encontro e todo o processo de preparação da artista para a retrospectiva de seu trabalho podem ser conferidas no documentário Marina Abramovic: The Artist is Present, de 2012.

Os Monstros vão à Universidade

15 out

Você deve se lembrar do longa de animação da Disney Pixar Monstros S.A. (no original, Monsters, Inc.), que contava a história de uma sociedade de monstros onde as crianças eram consideradas tóxicas e seus gritos usados para gerar energia (mas se você não lembra ou não viu, corre e vê). Cativante, o época que saiu, em 2001, e agora a Pixar retoma os seus simpáticos monstros numa sequência que conta a história de como James P. Sullivan (dublado originalmente por John Goodman) e Mike Wazowski, o “Zoiudinho da Mamãe” (Billy Crystal) se conheceram, quando estudaram na Universidade Monstros – UM. Para promover o filme, a Pixar apostou em uma idéia diferente, criou um site falso completíssimo (em inglês) da universidade.

O site tem calendário de eventos, loja (ótima oportunidade se você é um monstro de quatro braços e quiser comprar um moletom da UM), acesso de estudantes e professores, notícias, fotos e depoimentos de alunos. Extremamente bem feito, a página da Universidade Monstros chama a atenção de quem visita o site pelo seu realismo e pela sua excelente qualidade gráfica, além de despertar o interesse pelo novo filme.

O novo filme de Mike e Sulley tem lançamento previsto no Brasil para 12 de julho de 2o13. E quem quiser (re)ver o filme (ou ainda não tiver visto) pode aproveitar que o filme que será reexibido nas salas de cinemas em versão 3D a partir do dia 22 de fevereiro (sujeito a programação local). E se você quer saber um pouco mais da sequência de Monstros S.A. pode assistir o trailer aí embaixo:

Viagem a Tulum – Fellini, Castaneda, Manara e Jodorowsky

9 out

Lendo “Conversando com Carlos Castaneda”, antropólogo que publicou uma série de livros narrando sua formação em xamanismo por Don Juan Matus, o xamã Yaqui com quem Castaneda teve uma aprendizagem de dez anos a partir de 1960, descobri que ele não só era amigo de Federico Fellini como o cineasta declarou, em 1985, o desejo de fazer um filme baseado na saga de Don Juan. Castaneda ficou de ir ao México acompanhá-lo, mas infelizmente mudou de ideia. Fellini foi ao México com sua equipe e, dessa experiência, surgiu a ideia do roteiro para uma história em quadrinhos que  me deixou em êxtase ao fazer um combo de três das minhas pessoas preferidas: com ilustrações de ninguém menos que Milo Manara, roteiro de Fellini e participação do cineasta Alejandro Jodorowsky (como personagem), Viagem a Tulum cria um ambiente onírico, surreal e deliciosamente fascinante.

“Tínhamos um acordo implícito: ele era o cineasta, e eu era seu “câmera”, diz Manara que não foi à cidade, mas contou com a incível memória fotográfica de Fellini e suas descrições detalhadas. lguns momentos da feitura dessa autêntica novela gráfica. O resultado final é admirável: em clima felliniano (e com sacanagens manarianas), entre a magia e o deslumbramento gráfico-sequencial, os dois personagens principais (um senhor e uma jovem) visitam uma lendária Cinecittá, à procura do próprio Fellini, e nela encontram algumas figuras de suas obras, vivenciadas por Giulitetta Masina, Anita Ekberg, além de Marcello Mastroianni.

E parece que essa aventura do cineasta vai ser realmente levada ao cinema em duas ficções: “Soñado Tulum”, em processo de pós produção e que foi dirigido pela mexicana Tiahoga Ruge e “Viaje a Tulum”, que está sendo filmado desde 2011 e é dirigido por Marco Bartoccioni.

Ah, e tem ilustrações do Fellini também.

Pra baixar, clique aqui 

Unicórnio de Porcelana

14 out
A Philips já mostrou que entende de curtas. Ou, pelo menos, sabe como produzir um. Já não bastasse o eletrizante curta produzido pela empresa há um tempo atrás (que mostramos aqui, mas tem o repost do vídeo logo abaixo) agora a Philips divulgou alguns curtas-metragens que ganharam destaque  pelo concurso “Parallel Lines”, juntamente à Ridley Scott Associates a fim de promover sua nova linha de aparelhos de televisão.
A premissa do concurso era: “Existem milhões de maneiras de contar uma história. Só há uma maneira de assistir a um” e resultou em alguns vídeos bastante interessantes. O favorito do público foi o curta “Baby Time“, na votação feita pela internet, porém o curta que ganhou a premiação do concurso foi “Unicórnio de Porcelana“, de Keegan Wilcox, prêmio que, aliás, foi mais do que merecido. Abaixo o leitor pode assistir a ambos. Confira:
.
Baby Time, vencedor do público:
.
Unicórnio de Porcelana,  vencedor (e cujo os créditos poder ser lidos aqui):
.
Quem se interessa, nesse site estão disponíveis também alguns outros curtas finalistas além dos vídeos ganhadores.

Por trás das câmeras

21 set

O EV! fez uma seleção de algumas cenas incríveis de filmes que a gente adora e que são de uma época em que os sets e cenários eram feitos a mão e os efeitos especiais eram mecânicos:

Rebelde Sem Causa

A atriz Brigitte Helm como Parody, ou Ultima, ou Futura, ou Robotrix… Em Metrópolis, de Fritz Lang

Réquiem Para um Sonho

Os Pássaros

Auto retrato de Kubrick e sua filha no set de O Iluminado

Fausto, de 1926

Os Caça Fantasmas

Conexão Francesa e uma das cenas de perseguição mais incríveis da história

Dustin Hoffman sendo o Dustin Hoffman no set de Maratona da Morte

O Poderoso Chefão

Dr. Fantástico

2001: Uma Odisséia no Espaço