Tag Archives: audiovisual

In any which way Scissor Sisters is good

29 ago

A banda americana Scissor Sisters, que vai se apresentar no Brasil no dia mais lindo do ano 22 de Novembro (segunda-feira), na Via Funchal – São Paulo (clique para mais informações – em inglês) disponibilizou o segundo single (não descobri qual é o primeiro!) do seu novo álbum “Night Work”, na Internet. Enfim, divirtam-se com este super-dançante videoclipe da banda mais gay do momento (para quem não sabe, os integrantes da banda são homossexuais e o nome é na verdade uma expressão da língua inglesa para uma posição sexual lésbica.).

A capa do álbum NightWork

A capa do álbum NightWork

 

No Estranho Planeta dos Seres Audiovisuais

28 fev

No Estranho Planeta dos Seres Audiovisuais é, certamente, um nome exótico. Um programa excêntrico merece, porém, um nome exótico. N.E.P.S.A. é uma série-documentário de 16 capítulos que estreou em Abril deste ano no Canal Futura. A série discute e estuda a relação do ser humano com a produção e o consumo audiovisual utilizando de extremo bom-humor (que nos é trazido com a ajuda de homens das cavernas, três espectadores obesos num sofá e uma família iraniana, entre outros).

É imperdível, para aqueles que se interessam pelo assunto. São raras as ocasiões, em qualquer tipo de mídia, em que se tem acesso a algo tão diverso dentro de um mesmo assunto e que seja tão informativo e tão divertido ao mesmo tempo e na medida certa. Trouxe o teaser do programa para que o leitor tenha uma ideia de sobre o que estou falando:

O programa foi idealizado pelo cineasta Cao Hamburguer (O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias) e foi dirigido e escrito por Paulino Caruso e Teodoro Poppovic. Cada episódio conta com a presença, também, de vários profissionais (alguns de grande calibre como Fernando Meirelles e Michel Gondry) envolvidos de alguma forma com o audiovisual, filósofos, teóricos e etc. Entre piadas, vinhetas, entrevistas, entrevistas fictícias, trechos de filmes, referências e muito mais, estou certo de que o leitor que se envolve com o audiovisual (ou seja, todos nós; como conclui o primeiro episódio) se deliciará.Confira a lista dos episódios da série, com suas respectivas resenhas:

Programa  01  –  Especial: De  onde  vem  a  mania  do  ser  humano  por  imagens  em  movimento?  Para  onde  ela  está  indo?  Algumas  respostas  são  sugeridas  por  Fernando  Meirelles,  Esmir  Filho,  Arlindo  Machado  e  pelo  Cao  Hamburger,  cineasta  idealizador  da  série.

Programa  02  –  Verdade: Através  da  relação  entre  o  registro  e  a  realidade,  discutimos  o  conceito  de  verdade  no  audiovisual,  começando  em  Jesus  Cristo  e  acabando  em  Tropa  de  Elite,  passando  pelos  irmãos  Lumiere.

Programa  03  –  Realidade: Em  uma  espécie  de  continuação  do  episódio  anterior,  a  discussão  agora  é  sobre  a  questão  da  realidade  instantânea  no  audiovisual.  O  “aqui  e  agora”  através  do  tempo.

Programa  04  –  Ficção: O  programa  examina  a  ficção  no  audiovisual.  A  necessidade  da  narrativa  aristotélica  que  sempre  foi  buscada  e  com  a  qual  as  pessoas  se  identificam,  desde  antes  do  cinema.

Programa  05  –  Artificiais: Finalmente  um  programa  com  dinossauros  e  monstros.  As  realidades  virtuais,  criadas  desde  o  começo  do  cinema,  de  Méliès  ao  Senhor  dos  Anéis,  seja  com  auxílio  de  trucagem  ou  de  3D.

Programa  06  –  Experimentais: Numa  época  de  banalização  da  imagem,  o  programa  inventaria  aqueles  que  estão  repensando,  experimentando  e  reformulando  a  linguagem  audiovisual.  O  audiovisual  como  vanguarda.

Programa  07  –  Subterrâneos: Os  filmes  marginais,  independentes,  caseiros  e  de  fundo  de  quintal;  feitos  da  maneira  possível.  A  história  que  ninguém  conhece  sobre  os  filmes  que  ninguém  viu.

Programa  08  –  Instantâneos: O  programa  investiga  a  invasão  avassaladora  da  internet  no  audiovisual.  A  imagem  no  seu  estado  mais  descartável,  efêmero  e  acima  de  tudo  instantâneo  e  espontâneo.

Programa  09  –  Populares: Este  episódio  trata  da  relação  entre  o  público  e  o  retorno  financeiro.  O  pão  e  circo  na  televisão,  as  dificuldades  do  “cinemão”  e  a  dúvida:  como  ganhar  dinheiro  com  internet?

Programa  10  –  Violentos: Tratando  o  audiovisual  como  discurso  da  natureza  humana,  tratamos  da  curiosidade  e  do  desejo  do  homem  pela  violência  na  tela.

Programa  11  –  Pornográficos: O  erotismo  e  a  pornografia  no  audiovisual:  dos  primeiros  registros  eróticos  dos  vaudevilles  às  mudanças  que  a  indústria  pornográfica  está  fazendo  no  comportamento  sexual.

Programa  12  –  Montagem: O  episódio  trata  da  importância  da  montagem  no  audiovisual.  A  única  ferramenta  exclusiva  da  Sétima  Arte  e  fundamental  no  processo  de  “esculpir  o  tempo”.

Programa  13  –  Sonoros: Finalmente  um  episódio  focado  só  no  Áudio  do  Visual.  Um  olhar  sobre  o  som  como  direção  narrativa,  a  música  como  linguagem,  os  musicais  e  videoclipes.

Programa  14  –  Reciclados: A  saturação  da  produção  audiovisual  começa  a  gerar  discussões  sobre  direitos  autorais,  refilmagens,  e  histórias  que  são  contadas  desde  o  tempo  dos  homens  das  cavernas.

Programa  15  –  Interativos: Investigamos  o  futuro  do  audiovisual:  o  videogame,  a  TV  digital,  os  interativos,  a  narrativa  construída  pelo  interactor.  O  cinema  se  aproxima  do  videogame  e  vice-versa.

Programa  16  –  Conclusão  –  Futuro  Audiovisual: Este  programa  reúne  todo  o  material  coletado  ao  longo  da  série.  Tenta  responder,  agora  indo  mais  a  fundo,  a  primeira  pergunta  da  série:  Qual  é  o  futuro  do  audiovisual?

Confira também as vinhetas do programa, exibidas nos intervalos comerciais do Canal Futura:

E, por fim, uma interessante entrevista com Cao Hamburguer foi feita pela revista Galileu e pode ser lida aqui. Mais informações sobre o programa na página dele no site do Canal Futura ou no MaxPress.

No  Estranho  Planeta  dos  Seres  Audiovisuais
Estreou:  6  de  abril  de  2009
Horário:  toda  segunda,  às  22h30
Reprises:  quinta-feira,  16h  e  21h;  domingo  18h30

Assistam a: Últimos Dias (Last Days) de Gus Van Sant

22 fev

Para os que são loucos por Kurt Cobain, ou por aqueles que simplesmente amam rock’n’roll, aqui vai a dica dessa obra-prima. O filme trata dos últimos dias (claro) de um roqueiro em profunda crise consigo mesmo, com sua música e com seu projeto de família. Mesmo não sendo inteiramente baseado na história real de Kurt, o drama de Blake (Michael Pitt, um eterno Sonhador) é o mesmo do vocalista do Nirvana. Aliás, a semelhança entre os dois chega a ser assustadora para os verdadeiros fãs do melhor roqueiro de todos os tempos (desculpem-me pela rasgação de seda), já que, acreditem, há momentos no filme que não é mais o ator de New Jersey à nossa frente, mas sim o próprio Kurt. Tá bom, esse papo já tá ficando meio louco, então, só assistindo ao filme para comprovar. A dica está dada.