Tag Archives: chico buarque

“É a parte que te cabe deste latifúndio”

27 nov

Em cartaz desde 30 de Setembro desse ano (!) no Teatro da Cidade (rua da Bahia, 1341, Centro, Belo Horizonte) a versão do texto clássico de João Cabral de Melo Neto ganhou uma adaptação musicalizada por Chico Buarque de Hollanda para o teatro. Sob direção de Pedro Paulo Cava, a peça traz em cena 15 atores que também cantam, tocam instrumentos e dançam. O grande  destaque da peça fica para Luiz Gomide, que estrela no papel da “Morte”, que aparece apenas indiretamente no texto original, de forma sensacional.

Quem quiser se deliciar com os cerca de 70 minutos de atuações, músicas e projeção de obras de Cândido Portinari, a peça ficará em cartaz até o dia 11 de dezembro.

Mais informações:

HORÁRIO: Quinta a Sábado às 20h30 e Domingo às 19h

PREÇOS: – Quintas e sextas: Meia-entrada = R$15,00 e Inteira = R$30,00
– Sábados e Domingos: Meia-entrada = R$20,00 e Inteira = R$40,00

Semana da MPB no EV! – Domingo (10/10/10)

10 out

Hoje termina a Semana da MPB no EV!. Nesta seção, ficou registrada toda minha admiração pelos cantores e compositores de nossa música, que me emocionam de uma maneira muito peculiar. Foram pouquíssimas músicas, frente a tudo aquilo que nossos artistas têm a nos oferecer. Mas tenho certeza de que foi uma seleção especial: algumas eram inéditas para alguns leitores, algumas já marcavam a vida de outros. Mas o mais importante foi abrir a porta que ainda separa muitos (principalmente jovens) de todo o tesouro musical brasileiro. Para terminar, uma lista de 10 músicas (para marcar o dia 10/10/10) variadas que, de alguma maneira, marcaram minha vida. Espero que tenham gostado! Viva a Música Popular Brasileira!

Rita Lee canta Doce vampiro, de sua autoria

Paula Toller canta Derretendo satélites, dela e Herbert Vianna


Bebel Gilberto e Cazuza cantam Preciso dizer que te amo, deles e Dé Palmeira


Mallu Magalhães e Marcelo Camelo cantam Janta, dele

Elis Regina canta Por toda minha vida, de Tom e Vinicius, trilha de Hable con ella, de Almodóvar


Rappin’ Hood Caetano Veloso cantam Rap du bom – Parte 2, de Hood


Dalva de Oliveira canta Que será, de Marino Pinto e Mario Rossi


Chico Buarque e Fernanda Porto cantam Roda viva, dele

Ney Matogrosso canta Veja bem, meu bem, de Marcelo Camelo


Caetano Veloso canta Fora de ordem, dele

Semana da MPB no EV! – Sábado (09/10/10)

9 out

Porque um sábado assim, de sol, tem cara de samba. E samba tem cara destes três:

(Detalhe: por favor, ignorem as imagens de Coração leviano e Andança!)

Clara Nunes canta O mar serenou, de Candeia


Paulinho da Viola canta Timoneiro, dele e Hermínio Bello de Carvalho


Beth Carvalho canta Andança, de Edmundo Souto, Danilo Caymmi e Paulinho Tapajós


Clara Nunes canta Morena de Angola, de Chico Buarque


Paulinho da Viola canta Coração leviano, de sua autoria

Beth Carvalho canta As rosas não falam, de Cartola


Semana da MPB no EV! – Terça-feira (05/10/10)

5 out

Ronaldo Fernando Esquerdo e Bôscoli (Rio de Janeiro, 28/10/1928 – 18/11/1994) foi um compositor, produtor musical e jornalista brasileiro.

Bôscoli foi namorado de Nara Leão, amante de Maysa e marido de Elis Regina.

Um homem de bom gosto e muitas histórias para contar.

(Detalhe: por favor, ignorem as imagens do primeiro vídeo, mas prestem muita atenção às introduções dos restantes!)

Com açúcar, com afeto, escrita por Chico Buarque e cantada por Nara Leão

Insensatez, escrita por Vinicius de Moraes e Tom Jobim e cantada por Nara Leão

Por causa de você, escrita por Tom Jobim e Dolores Duran, cantada por Maysa

Tema de Simone, escrita e cantada por Maysa

Essa mulher, escrita por Joyce e Ana Terra e cantada por Elis Regina

Bodas de prata, escrita por João Bosco e Aldir Blanc e cantada por Elis Regina

Semana da MPB no EV! – Segunda-feira (04/10/10)

4 out

Para compensar o atraso das comemorações do dia da Música Popular Brasileira (nossa tão querida MPB), 27 de Setembro, durante toda esta semana publicaremos posts especiais, relembrando grandes pérolas de nossa música. Acho muito importante falar sobre esse assunto, já que nós, jovens, temos muita tendência em olhar para o que vem de fora, sem prestar atenção no tesouro que temos aqui, em nosso próprio país. Para começar, músicas com nomes de mulheres, sempre tão idolatradas por nossos compositores. Também é uma homenagem ao fantástico time feminino do EV!

(Detalhe: por favor, ignorem os vídeos do Chico Buarque! Considerem somente o áudio!)

Iolanda, versão de Chico Buarque para música de Pablo Milanés, na voz de Chico e Simone

Ligia, escrita e cantada por Tom Jobim

Angélica, escrita e cantada por Chico Buarque

Luiza, escrita por Tom Jobim e cantada por Tom e Edu Lobo